Após maior greve da categoria no Estado, aulas poderão seguir até início de 2017
12/07/2016 - 9h24 em Educação

 

 

A maior greve dos professores no Estado encerrou na semana passada, após 53 dias. A preocupação agora é a recuperação dos dias letivos. A maioria das escolas quer adiantar o término das férias de julho e ter aulas aos sábados, o que, mesmo assim, levaria as aulas até pelo menos janeiro de 2017.

O coordenador da 7ª coordenadoria Regional de Educação,em Passo Fundo, Santo Olavo Misturini, explicou que é preciso cumprir os 200 dias letivos. Inverter turnos é uma manobra que não é aceita e, diante disso, as aulas serão recuperadas dentro do que pede a legislação, até o início de 2017. 

O caso de cada escola será analisado para determinação de como será feita a recuperação, em conjunto com cada direção de escola.

 

Fonte: Rádio Uirapuru

 

 

COMENTÁRIOS