Segunda-feira, 6 de junho de 2016 às 13:51 em Saúde
Três óbitos e seis casos confirmados de H1N1 na região

 

 

Dados do Comitê Influenza e dengre mostra números de 2016 

No ano de 2016, o Comitê Influenza e dengue na região da 11ª CRS (Erechim) informa que de acordo com os dados do Laboratório Central do Estado do RS (LACEN) foram:

 

· 16 amostras enviadas de 16 pessoas

 

· 6 casos confirmados de H1N1

 

· 3 óbitos confirmados de H1N1

 

· 2 casos confirmados de Influenza de outros subtipos

 

· 5 resultados negativos para Influenza

 

Óbito de sábado – 4 de junho

Suspeita de um óbito por de Influenza A H1N1 ou de Hantavirus na região, da cidade de Centenário, sexo masculino, com idade de 13 anos.

O paciente estava internado em Erechim e o material foi coletado para análise do LACEN. Este óbito não está contabilizado nas amostras enviadas (conforme dados acima) e o resultado deve sair até o final da semana.

Prevenção nas escolas

Sobre as escolas e demais locais com aglomerado de pessoas, a indicação é que em casos de síndrome gripal, sempre que possível, a pessoa que manifestar o sintoma deve ser afastada por até 7 dias após o início dos sintomas ou até 24h após cessar a febre. Vale ressaltar que o afastamento é da pessoa com gripe, não a coletividade, suspeito ou não de Influenza A H1N1.

O Ministério da Saúde orienta que, para prevenir a transmissão, é recomendado manter os ambientes ventilados, implementar medidas de higiene e estimular a ingestão de líquidos. Não está indicada a suspensão das aulas e demais atividades nas escolas.

Prevenção nos serviços de saúde

É orientado pelo Comitê que a pessoa, em caso de sintomas, se dirija até o serviço de saúde acompanhada por no máximo uma pessoa para prevenir a contaminação e evitar a disseminação da doença.

 

COMENTÁRIOS