Jovem morre após receber descarga elétrica de celular carregando
15/06/2018 16:18 em Tecnologia

 

 

 

Um jovem de 22 anos morreu na madrugada desta sexta-feira (15) depois de receber uma descarga elétrica ao usar o celular enquanto a bateria era carregada em Taubaté, no interior de São Paulo. Segundo o portal G1, Lucas Jean Marsola jogava com o aparelho conectado à tomada. 

 

Com o choque, Marsola teve uma parada cardíaca e desmaiou. Ele foi levado ao Pronto-Socorro, mas não resistiu. 

 

O jovem será enterrado no Cemitério Paineiras, em Taubaté, na tarde desta sexta-feira.

 

 

Cuidados que devem ser tomados

 

A prática de utilizar o celular enquanto está carregando é muito comum entre os usuários. Segundo o professor de informática do Senac-RS, Luiz Henrique Rauber Rodrigues, alguns cuidados são imprescindíveis para evitar o pior.

 

Conforme o especialista, o superaquecimento do aparelho é o principal problema ao manuseá-lo durante o carregamento da bateria:

 

– O celular está esquentando porque está carregando e daí você faz mais uma atividade que vai esquentar o celular. Isso pode causar uma explosão, seguramente. Sem falar que danifica a bateria. O ideal, quando está carregando o celular, é não mexer nele — explica o docente.

 

Não há problema em responder rapidamente uma mensagem de texto, por exemplo. Porém, não é indicado o uso constante durante o carregamento. 

 

Rodrigues também enfatiza a importância da utilização de acessórios originais, devido às diferentes configurações de voltagem e amperagem entre os modelos:

 

— Se eu tenho um aparelho celular e não estou com o meu carregador, é melhor carregar na USB do computador, que vai demorar mais, pois ele envia menos energia, mas é mais seguro.

 

Outra ação ideal é o desligamento dos cabos telefônicos. De acordo com o docente, eles representam mais perigo do que os fios da rede elétrica, podendo afetar até mesmo modens desligados. Equipamentos eletrônicos podem conduzir descargas elétricas durante dias de tempestade. 

 

Fonte: Gaúcha/ZH

COMENTÁRIOS