Morador de Marau é condenado por assédio sexual na ARENA, em jogo do Grêmio contra o Cerro Portenõ, na última terça-feira
03/05/2018 09:35 em Polícia

 

 

 

O Tribunal de Justiça divulgou que um torcedor do Grêmio, um homem de 30 anos e morador de Marau, foi condenado por assédio sexual antes da partida do Tricolor contra o Cerro Portenõ, ocorrido na noite da última terça-feira (01) na ARENA em Porto Alegre.

O homem passou uma das mãos nas nádegas de uma mulher de 28 anos e foi enquadrado como importunação ofensiva ao pudor.

O acusado foi levado para o Juizado do Torcedor e Grandes Eventos, onde na sentença o Juiz Marco Aurélio Martins Xavier determinou que ele deverá se apresentar a uma delegacia na cidade de Passo Fundo durante os próximos 12 jogos do Grêmio.

O Juizado do Torcedor e Grandes Eventos foi criado em 2008, sendo o centro responsável pelo atendimento de contravenções penais de menor potencial ofensivo que tenham ocorrido nos estádios de futebol de Porto Alegre. No caso de grandes eventos, atende crimes em geral, com exceção de homicídio e flagrante, que são processados pela Justiça Comum.

 

Fonte: Rd Uirapuru/Omar Freitas /Agência RBS

 

 

 

COMENTÁRIOS