Facebook anuncia "medidas adicionais" para proteger privacidade dos usuários
28/03/2018 - 23h45 em Tecnologia

O Facebook anunciou, nesta quarta-feira (28), que tomará "medidas adicionais" para dar aos usuários um controle maior de seus dados privados, depois de revelado o uso indevido de informações de usuários da rede social pela Cambridge Analytica.
"Estaremos tomando medidas adicionais nas próximas semanas para dar às pessoas mais controle de sua privacidade", afirmaram a chefe do setor de privacidade, Erin Egan, e a conselheira-geral adjunta, Ashlie Beringer.
Elas afirmam, em comunicado, que a empresa entende "que os ajustes de privacidade e outras ferramentas são muito difíceis de encontrar e que é preciso fazer muito mais para manter as pessoas informadas".
Até o momento, para saber o que compartilhava com a rede social, o usuário tinha de percorrer quase 20 páginas diferentes. O upgrade da rede social inclui melhorar o acesso aos ajustes, atalhos para o menu de privacidade e ferramentas para buscar, baixar e apagar os dados pessoais armazenados pelo Facebook.
Por meio de um atalho que ficará acima do news feed, no topo da página, será possível adicionar mais proteção à conta, como ativar a autenticação de dois fatores — se alguém tentar fazer login em uma conta a partir de um dispositivo não cadastrado, uma solicitação é enviada ao dono do perfil —; revisar e até excluir o que já foi compartilhado; selecionar quem vê as suas publicações e quais informações são visíveis no perfil; e encontrar, baixar e excluir dados da rede social.
O Facebook está no meio de um escândalo desde as revelações sobre as práticas da Cambridge Analytica, acusada de ter recuperado, sem autorização, dados de 50 milhões de usuários da plataforma e de tê-los utilizado para apoiar a campanha presidencial de Donald Trump em 2016.

Fonte: Gaúcha/ZH

COMENTÁRIOS