Apostador paulista ganha ‘sem querer’ três vezes na Mega da Virada
03/01/2018 - 23h33 em Geral

O ano de 2017 acabou com a Caixa Econômica Federal, por meio de sua loteria, pagando o maior prêmio da história da Mega-Sena: R$ 306,7 milhões. O prêmio foi dividido entre 17 apostas vencedoras dos estados de Bahia, Minas Gerais, Pará, Paraná, Santa Catarina, Rio de Janeiro e São Paulo. E foi na última unidade federativa que aconteceu o fato curioso: uma casa lotérica teve três apostas vencedoras com os mesmos números. 

Os jogos foram preenchidos na cidade de Parelheiros, no interior paulista, por um apostador que, por engano, apostou individualmente três vezes ao invés de fazer um bolão. “O homem teria ido até a lotérica com a intenção de fazer um bolão, onde a aposta é feita em apenas um jogo, mas as cotas são separadas, com comprovantes individuais, conforme o número de pessoas que participam do bolão”, escreveu o portal GauchaZH. Porém, quando foi preencher o bilhete, o apostador se enganou e fez três apostas individuais. 

A Caixa informou que o vencedor já se apresentou e deu início ao processo de saque do prêmio. Ele confirmou ao gerente da casa lotérica que irá dividir os mais de R$ 54 milhões com os dois amigos que estavam no bolão – que acabou não se concretizando –.

Segundo a Caixa Econômica, desde o dia 30 de outubro foram vendidos mais de 70 milhões de bilhetes, num total de 250 milhões de apostas, em todo o país. Com isso, a arrecadação foi de R$ 890,9 milhões (aproximadamente R$ 580 milhões a mais que a premiação).

 

Foto: Guilherme Venaglia/VEJA.com

 

COMENTÁRIOS