Manifestações na região integram a greve geral que ocorre em todo o Brasil
28/04/2017 - 11h06 em Geral

CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO DA PASSEATA EM GETÚLIO VARGAS.

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS IMAGENS DA MANIFESTAÇÃO.

Em Getúlio Vargas foi realizada uma passeata através de alunos e professores na manhã desta sexta-feira (28),com faixas, bandeiras e palavras contra as reformas propostas pelo governo federal.Em Passo Fundo, coletivos urbanos não estão circulando. Apesar das empresas de transporte público Coleurb, Transpasso e Codepas informarem que iriam operar normalmente hoje, os motoristas foram impedidos de saírem das garagens pelos representes do sindicato da categoria. Não há previsão de retorno. Em Erechim, um grupo com aproximadamente 50 manifestantes usou fogo em pneus para impedir a saída de ônibus do transporte público urbano. Também não há previsão de liberação. Índios da Reserva Ventara em Erebango bloquearam a ERS 135. A Polícia Rodoviária Estadual está mantendo uma equipe no local, organizando o manifesto com a liberação do trânsito a cada 30 minutos. Na BR 153, em Erechim, agricultores acampados fazem panfletagem com presença da PRF. Não há previsão de bloqueio do trânsito no local. A BR 153 tem manifestações também em Concórdia. Não há informações de bloqueios em outras rodovias do Alto Uruguai gaúcho.

 A Frente Brasil Popular, que mantém integrantes impedindo a saída de ônibus do transporte público em Erechim, distribuiu nota no início da manhã, informando sobre o movimento. 

"NOTA SOBRE O TRANCAMENTO DA GARAGEM DA GAURAMA/URBANO EM ERECHIM

A Frente Brasil Popular organiza em todo Brasil nesta sexta-feira (28), com adesão de diversas categorias de trabalhadores, uma Greve Geral como forma de dialogo com a sociedade, conscientização e resistência diante das medidas que estão sendo propostas pelo governo Temer, como as reformas trabalhista e da previdência, que para as organizações da classe trabalhadora representam um dos maiores ataques de direitos do ultimo período.

Impedir a circulação dos transportes urbanos coletivos em Erechim faz parte da estratégia de parar o Brasil para alertar a população da grave retirada dos direitos trabalhistas e a dificuldade de acesso à aposentadoria proposto na reforma de Temer. Esta ação também pretende chamar atenção dos deputados e senadores do estado, para que reflitam sobre sua posição nos momentos de votação e saibam que o povo se coloca contra essas medidas.

Durante todo o dia, estará acontecendo ações de trancamento em rodovias e atos de rua, tanto em Erechim, como em todos os estados brasileiros, sendo um dia histórico, com adesão e apoio de diversas organizações sociais, como sindicatos, intelectuais, juristas, igrejas e trabalhadores em geral. A Frente Brasil Popular também repudia qualquer forma de intimidação e repressão policial que venham a acontecer contra os trabalhadores e trabalhadoras que saem as ruas para se expressar contra as medidas que lhe prejudicarão profundamente.

Frente Brasil Popular – Alto Uruguai"

Imagens: Jornal Tribuna Getuliense

Fontes: Jornal Tribuna Getuliense, AU Online e Rádio Uirapuru

COMENTÁRIOS